Curadoria da semana: VNI x CNAF, que nos ajuda mais no pós extubação

O risco de reintubacao em pacientes de alto risco é conhecido e merece nossa atenção. A possibilidade de realizar vni , cnaf ou ambos, como cuidados pos ex tot , é conhecida mas ainda não protocolar. Neste trial compara-se o uso de cnaf X vni em pacientes de alto risco para reintubacao. Como resultado já adianto : vni tem menores taxas de reintubaçao .

Do ponto de vista fisiológico isso faz muito sentido, uma vez que a maior parte das reintubações estão relacionadas a dificuldade ventilatória e não hipoxemica. E portanto, nesse contexto a VNI tem potencial de apoio maior do que o CNAF.

No entanto, surpreende- se , mesmo que nao estatisticamente significativo, maior taxa de mortalidade nestes pacientes . Inicialmente podemos ficar intrigados com tal dado , mas , ao analisar , e entendendo o dispositivo da vni , perceber que esta taxa pode estar relacionada a atraso na reintubacao de pacientes com indicação do procedimento.

Fora isso , um estudo que pelo seu desenho não é duplo cego, o que pode ainda mais enviesar o uso da vni. Como aprendizado fica a reafirmação de que nada deve atrasar a reintubação quando essa esta indicada.
Effect of postextubation noninvasive ventilation with active humidification vs high-flow nasal cannula on reintubation in patients at very high risk for extubation failure- a randomized trial.pdf (1,3,MB)